domingo, abril 24

[Ele Vive!]



Hoje é domingo de manhã: Ele vive (é por isso que vivo, me movo e existo).

Ya’agob, Thiago


Ele VIVE ! - O luar da primavera lançava uma luminosidade prateada sobre o jardim. Era lua pascoal, clara e cheia; brilhante num céu sem nuvens. As estrelas cintilavam no veludo negro da escuridão do céu, sombras cobriam o jardim. Silêncio no céu e nenhuma harpa soavam. Os ramos rodosos e retorcidos das oliveiras se entrelaçavam, subindo em direção ao céu. As raízes se estendiam do tronco e agarrava-se no solo rochoso. As folhas balançavam ao sabor da brisa. A estrada era íngreme no caminho que conduzia ao jardim do Getsêmani. Lugar de momentos para meditar e orar. Ele o vale atravessou e aproximou-se estranhamente mudo. Mudança nunca dantes vista, semblante triste. No jardim seu corpo cambaleava como se estivesse a cair. No chão um homem ainda jovem. Ajoelhado e suplicando. O abismo era tão largo, tão negro, tão profundo, que seu espírito estremeceu. Cabelo grudado na testa molhado. Roupas empapadas de suor. Sua agonia apegava-se ao solo frio, como a impedir de ser levado para longe do Pai? O Senhor do universo não queria ficar sozinho. O enregalante orvalho da noite lhe cai sobre o corpo curvado, suando sangue e de seus lábios irrompe a amargo brado: “A minha alma está profundamente triste até a morte... Aba Pai, todas as coisas te são possíveis [se é de teu agrado]; afasta de mim este cálice [o cálice amargo da paixão a beber]; não seja, porém, o que eu quero, mas o que tu queres [mas sim a tua]”. Marcos 14:32 a 36 Na balança oscilava a sorte da humanidade. Ele ainda podia recusar beber o cálice reservado ao homem culpado. Mas, escolheu seu batismo de sangue, pois era à vontade do Pai beber o cálice amargo plenamente resignado, para que por meio dEle, todas as coisas fossem feitas novas, em que milhões de almas perecendo, obtivessem a vida eterna. Foi o “SIM” mais dolorido e sofrido de sua paixão. Havendo tomado a decisão, caiu moribundo no solo do qual se erguera parcialmente. “Aqui sofri mais que em todo o resto da minha paixão, vendo-me abandonado pelo céu e pela terra, carregado de todos os pecados da humanidade...” A cena no Getsêmani é revelativa e profunda. Misteriosa, e que caça o desvendar de segredos, o entrar na cabine telefônica para dialogar numa conversa íntima com o Pai. Esta que é o prenúncio do abrir à porta da eternidade. Batalha já vencida no jardim, pois, ali tomou a decisão; preferiu ‘atravessar o inferno por nós a ir pro céu sem nós’. Só que não há peça a ser encenada; trata-se de um plano divino. Um plano que começou antes de Adão receber o sopro divino, e o céu inteiro aguardavam e observavam, pois, ‘a jornada até a cruz começou muito antes. Enquanto o ruído da mordida da fruta ainda ecoava no paraíso, Jesus partia para o calvário’. Cada passo, calculado. Cada ato, premeditado. Porque o Pai veio ao nosso globo, a fim de nos levar para casa.



LUCADO, Max - Quando os anjos silenciaram

5 comentários:

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o Blog !
Deixo o meu aqui, caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já !

João Ludugero disse...

Olá, boa noite!
Conheci um pouco deste blog e adorei. Muito bom vir aqui.
Eu tenho um blog de Poesias.
Se puder dá uma esticadinha até lá vou adorar. Deixe seus comentes.
Eu já te sigo, com alegria!
Abraço iluminado,
João, poeta
Obs: Se puder me adicionar, vou gostar de ter seus coments no meu blog.
Voltarei, de certo!
Até mais!

BORBOLETA ESVOAÇANTE disse...

Voejando por aí e pensando, me lembrei de você!
Brigamos pra valer!Mas isso não pode ficar "mal resolvido". Afinal "somos um" corpo só.
Amor e perdão sempre!
Estamos as duas andando pelo caminho estreito e deixando nossas peles de cobra atrás de nós,essa roupa velha não nos cabe mais,joguemos fora!

Vamos diminuir a dor desse corpo,já tão castigado!

Apareça lá em casa pra gente conversar!

BORBOLETA ESVOAÇANTE disse...

A propósito, palavra é espada da luz.Nenhum guerreiro da luz pode abrir mão de usá-la.
Afinal nunca se sabe quem irá ler!
De repente a gente salva uma vida.
Precisa voltar a postar.
Recuada estratégica até vale,mas desistir jamais!!!!!!!!!!!!!!

A noiva precisa de nós!!!!!!!!!!

Thiago Ya'agob disse...

Ele vive. Isso diz muito.

Um abraço, querido.